A história selvagem do casal de criptomoedas Ilya “Dutch” Lichtenstein e Heather “Razzlekhan” Morgan está indo para as telas. Hulu está em desenvolvimento inicial na série limitada Razzlekhan: The Infamous Crocodile of Wall Street, da Searchlight Television. Lily Collins (Emily In Paris) deve estrelar como Morgan no projeto, que ela está produzindo com seu marido Charlie McDowell, que deve dirigir, e Alex Orlovsky.

Com base no artigo da revista New York “The Many Lives of Crypto’s Most Notorious Couple”, a série se concentra em Lichtenstein e Morgan, apontados como os mentores de um dos maiores assaltos da história ou um par de aspirantes a empreendedores desafortunados que de alguma forma tropeçaram em um disco rígido contendo US$ 3,6 bilhões em Bitcoin roubados da bolsa Finex.

O título da série, Razzlekhan, vem do alter ego de Morgan como rapper do YouTube.

Descrita como um estudo de personagem, uma história de amor e um thriller de crime contado com humor e honestidade, a série seguirá Heather e Ilya enquanto lutam com seu relacionamento, as pressões de se sentar em criptomoedas roubadas sem uma maneira fácil de torná-las líquidas e suas aspirações no aquário do mundo de tecnologia/mídia de Nova York. A série será contado através dos olhos do casal, bem como de hackers, banqueiros, agentes da lei e amigos.




Na tarde de ontem (7) foi divulgado através das redes sociais que a nossa amada Lily Collins se casou com Charlie McDowell. Confira abaixo mais detalhes:

Através de seu Instagram oficial, Lily Collins compartilhou detalhes do seu adorável casamento com o diretor Charlie McDowell. A atriz anunciou que o vestido usado por ela durante a cerimônia foi confeccionado pela marca de alta costura Rpalph Lauren e que foi um dos poucos criados pela mesma, juntamente com o da atriz Priyanka Chopra que se casou com o músico Nick Jonas há alguns anos atrás!

“Nunca quis ser de alguém mais do que quis ser sua, e agora eu posso ser sua mulher. No dia 4 de setembro de 2021 eu me tornei sua para sempre. Te amo infinito”. Collins escreveu em sua postagem em seu Instagram.

Além de compartilhar mais uma belíssima foto onde ela mostrava o seu véu em forma de capuz com a seguinte legenda: “Nunca fui tão feliz”.

E por último mas não menos importante, Lily compartilhou mais uma foto em seu feed na rede social com a seguinte mensagem: “O que começou como um conto de fadas, agora é minha realidade para sempre. Nunca vou conseguir descrever corretamente o quanto foi de outro mundo esse último final de semana, mas mágico é um bom lugar para começar…”.

O local escolhido para essa belíssima cerimônia do casal foi o Dunton Hot Springs, localizado nos arredores de Telluride. O resort remoto e renovado, já foi conhecido como uma cidade fantasma do século XIX e foi reformado em uma propriedade que inclui 12 cabines de luxo e um balneário restaurado que é alimentado por uma fonte natural de água quente.

E na tarde de hoje (8), Raph Lauren compartilhou detalhes do vestido usado por Lily Collins em seu casamento através do perfil oficial da marca no Twitter, confira:

“O vestido e a capa personalizadas com capuz foram totalmente feito à mão, trazidos à vida por quase 200 horas de trabalho artesanal e complexo”.

Confira abaixo algumas fotos compartilhadas com exclusividade pela revista People:

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS | PHOTOSHOOTS > 2021 > PEOPLE MAGAZINE
LCBR001.JPGLCBR002.JPG
Lily já havia anunciado o seu noivado em setembro de 2020 através de uma postagem em seu perfil no Instagram!

Nós do LCBR, desejamos ao casal toda a felicidade do mundo!







Nós queremos levar o melhor conteúdo á vocês, nossos seguidores e leitores. Com isso, estamos abrindo vagas para aqueles que desejam fazer parte do fã site brasileiro dedicado a atriz Lily Collins. E se você quer fazer parte da nossa equipe maravilhosa e ainda divulgar e levar notícias para os demais fãs, não perca essa oportunidade!

Os interessados deverão preencher a ficha abaixo e nos enviar em nossa DM no Twitter!

FICHA:

  • Nome:
  • Idade:
  • Twitter:
  • Cidade/Estado:
  • Nível de conhecimento da língua inglesa: (Básico, médio, avançado):
  • Participa de outro fã-site? Se sim, qual e qual área?
  • Porque gostaria de entrar na equipe do LCBR? Porque podemos confiar em você?
  • Qual vaga você está se inscrevendo:

Twitter – Responsável por atualizar nosso Twitter com todas as novidades, notícias e mais.
Newposter – Responsável por atualizar o nosso site com entrevista traduzidas, notícias, vídeos e mais.
Gallery Manager – Responsável por atualizar nossa galeria com todas as fotos.
Legender – Responsável por legendar novos e antigos vídeos.
Tradutor – Responsável por traduzir vídeos , entrevistas para revistas e etc.

Requisitos para Twitter: (duas vagas)
Saber procurar informações;
Nível intermediário em língua portuguesa e inglesa;
Ter tempo livre.

Newsposter: (duas vagas)
 Saber ler/escrever em inglês (nível intermediário);
Conhecimento básico de HTML e uso de WordPress;
Saber editar imagens, para criação de imagens para o post;
OBS: Se você não tiver conhecimento sobre WordPress, iremos lhe ensinar.

Gallery Manager: (duas vagas)
Ter tempo livre para procurar fotos em alta qualidade e screencaps de filmes, photoshoots e mais;
Conhecimento básico de Coppermine e FTP.
OBS: Se você não tiver conhecimento com  Coppermine e/ou upload via FTP, iremos lhe ensinar.

Requisitos para Legender: (duas vagas)
Conhecimento em editor de vídeo;
Nível intermediário em língua portuguesa e inglesa;
Ter tempo livre para legendar.

Requisitos para Tradutor: (duas vagas)
Nível intermediário em língua portuguesa e inglesa;
Ter tempo livre para traduzir.

Nós precisamos de pessoas que admire, aprecie e acompanhe a Lily. E o mais importante, que tenha tempo livre e realmente esteja disposto a ajudar a trazer o melhor conteúdo da mesma!

É necessário recordar que o ajudar no site é um trabalho voluntário, portanto, não haverá remuneração e que o site é focado na divulgação do trabalho da Lily e suporte a mesma.

Não há uma data final para se inscrever, conforme formos gostando dos inscritos, iremos entrando em contato e atualizando o post, então é importante que vocês fiquem atentos em nossas redes sociais.




Sempre teve curiosidade em saber como a Lily cuida da sua pele? Agora ficou mais fácil, a atriz mostrou os detalhes de seus cuidados para a Vogue Magazine e nós legendamos para vocês, confira:




Em recente entrevista concedida por Lily Collins a revista Variety Fair, a atriz contou um pouco mais sobre seu novo trabalho “Emily In Paris” que já está disponível na Netflix, confira traduzido abaixo:

Antes de o mundo ficar fechado, quando os americanos eram livres para viajar internacionalmente, Lily Collins estava cruzando continentes. A atriz indicada ao Globo de Ouro estava filmando sua nova série para a Netflix “Emily in Paris” na Cidade das Luzes, bem como trabalhando em Los Angeles em “Mank” de David Fincher – um drama sobre a produção de “Citizen Kane”. Em “Emily”, com estreia na Netflix em 2 de outubro, ela estrela como personagem principal, uma jovem executiva de marketing de moda que é transferida de Chicago para Paris, onde ela não conhece ninguém e não fala francês. Lentamente, ela encontra novos amigos e, claro, um romance. “Você pode ver no primeiro episódio que Emily não precisa mudar quem ela é para ser finalmente abraçada e compreendida”, disse Collins, 31, no episódio de quinta-feira do podcast Variety and iHeart “The Big Ticket.” “Ela é óbvia; ela fala alto em sua moda e em suas expressões faciais. Ela está muito determinada em quem ela é, mas também está disposta a abraçar a mudança e novas ideias e novas pessoas e aprender sobre si mesma – e também, por sua vez, ensinar outras pessoas. Não tínhamos essa cena de transformação em que ela entra em um provador como a Emily da América e sai como a Emily parisiense, e as pessoas ficam tipo, ‘Oh, agora entendemos você’ ”. “Emily in Paris” é considerada “Sex and the City” para uma nova geração? Queríamos ter certeza de que Emily não era uma nova Carrie. Queríamos que Emily fosse Emily e estivesse sozinha. Mas também sinto, e Darren concorda, que acho que Emily cresceu assistindo “Sex and the City”. Acho que ela amava Carrie Bradshaw. Acho que ela amava Audrey Hepburn. Acho que ela leu todas as páginas da Glamour, da Vogue, da Elle e de todas aquelas revistas. Acho que provavelmente Carrie foi uma dessas inspirações para ela, assim como todas as outras mulheres naquele programa. Espero que fique sozinha e tenha seu próprio momento, mas ao mesmo tempo, seria uma pena não ter prestado uma pequena homenagem aos personagens que acho que ela cresceu amando. E há algumas referências aqui e ali que Patricia lançou como odes a “Sex and the City”. Se o programa for escolhido para uma segunda temporada, Carrie pode fazer uma participação especial. Eu adoraria isso. Eu sinto que talvez isso precise acontecer. Posso contar a Darren sobre isso. Ela poderia ser como uma aparição. Emily passa e há um reflexo em uma janela e ela olha para dentro, mas vê Carrie. Então ela volta e é ela, e ela fica tipo, “O quê?” Eu acho que seria ótimo. Qual foi a sua roupa favorita de “Emily em Paris”? Minha roupa favorita é combinada com uma memória favorita de “Oh, meu Deus, não posso acreditar que estou aqui.” Era a cena da Ópera de Paris, onde era uma ode a Audrey Hepburn. Eu estava com um vestido preto com meu cabelo [puxado para trás] e usando uma tiara. Eles fecharam a Ópera de Paris, e eu estou correndo ao redor e subindo as escadas olhando para o palco, e estou vestida do jeito que estou vestida, e estou dizendo: “Isso é surreal. É uma loucura que eu faça isso e eu consigo fazer isso vestida assim.” Emily foi retirada de Chicago, mergulhada em Paris, não conhece ninguém, não conhece o idioma. É algo com o qual você poderia se identificar? Eu nasci na Inglaterra e me mudei para cá antes de completar 6 anos. [Seu pai é o músico Phil Collins; sua mãe é a negociante de antiguidades de West Hollywood, Jill Collins.] E embora a experiência de uma criança seja muito diferente da de um adulto, eu me senti muito como um peixe fora d’água quando entrei na escola naquele primeiro dia, de uniforme, sem falar o mesmo, falando inglês, mas soando britânico. E nessa idade, as crianças são muito diretas – “Você não parece comigo; você não se parece comigo! ” Você fica tipo, “Eu só quero me encaixar e só quero ser abraçada, e o que eu faço?” Como surgiu “Mank”? Foi muito louco. Gravei-me uma semana antes de partir para Paris. Enviei a fita, peguei um avião, cheguei a Paris, estava no meio das filmagens e estou nove horas à frente de L.A. e fiz uma sessão de Zoom com David Fincher. Então eu descobri que consegui. “Mank” terminou poucos dias antes da quarentena. Eu estava fazendo ADR do meu armário para “Emily” e também fiz ADR para “Mank” em quarentena. Todos eles terminaram e se finalizaram enquanto estávamos passando por isso. Eu me sinto muito sortuda por eles não terem sido colocados em espera.




Em recente entrevista a Glamour, Lily analisou os looks que ela usou em filmes e séries e nós legendamos para vocês, assista abaixo:

 




Com o lançamento de Emily em Paris, Lily esta concedendo várias entrevistas e dessa vez foi para o ET Canadá, onde ela fala sobre ter gravado a série na França e muito mais, confira abaixo a mesma traduzida e legendada pela nossa equipe:




Em uma recente entrevista disponibilizada pela revista Sunday Times Style, Lily Collins brinca de “termine a frease”. Confira abaixo o vídeo legendado pela nossa equipe:




Em recente entrevista a revista Vanity Fair, Lily ensina algumas gírias britânicas para quem nunca ouviu. Confira abaixo o vídeo legendado pela nossa equipe:

[LEGENDADO] Lily Collins ensina gírias britânicas from Lily Collins Brasil on Vimeo.

 







layout desenvolvido por lannie d. - Lily Collins Brasil